Entre em contato conosco

Casos de sucesso

Voltar aos casos de sucesso

Automatização logística BESA
Automatização logística BESA
Automatização logística BESA Automatização logística Armazém automático STV - Sorting Transfer Vehicle
"Nosso novo armazém automatizado nos permite oferecer um serviço de entrega em 24 horas e minimizar os erros no picking, entre outros"

Guillermo Ecenarro CEO

Soluções logísticas

BESA

A BESA (BERNARDO ECENARRO) ABRE SUAS PORTAS PARA A AUTOMATIZAÇÃO ATRAVÉS DA ULMA HANDLING SYSTEMS

A Bernardo Ecenarro (BESA), fabricante de pintura especializado na fabricação de Pinturas e Revestimentos Especiais, há automatizado sua planta de produção de Azkoitia (Guipúscoa). Graças à ULMA Handling Systems, o novo sistema logístico lhe permitirá automatizar o processo que vai do final da produção até a expedição, melhorando assim sua produtividade e eficiência

Necessidade

O projeto de automatização logística nasceu junto ao projeto da nova planta de produção da BESA. A Bernardo Ecenarro já contava com um armazém automático em suas antigas instalações pelo que "não pensamos duas vezes em automatizar a logística de nossa nova instalação já que éramos conscientes das vantagens que acarreta, como são a rapidez no picking, a redução de erros, o melhor controle de estoques, etc.", afirmava Guillermo Ecenarro, CEO da companhia.

Solução

A solução desenvolvida pela ULMA para a planta de produção da BESA é integrada por um sistema de transporte automático da mercadoria, sistema de armazenamento automático, separação de pedidos e expedição das mesmas.

Uma vez finalizado o processo de produção os produtos terminados entram no armazém. São os AGVs (Automated Guided Vehicle, veículos autônomos guiados por laser) são os responsáveis pelo transporte automático dos paletes e de introduzi-los no transportador de entradas ao sistema de armazenamento automático.

O armazém da BESA está composto por 2 transelevadores Unit Load que operam em 4 corredores através de um traverser com una capacidade de mais de 10.000 paletes e 1 transelevador Mini Load para a manipulação de mais de 2.200 contendores. Além disso, a instalação conta com um sistema STV (Sorting Transfer Vehicle), que tem como objetivo realizar a entrada da mercadoria no armazém.

A solução compreende além disso de um sistema de separação de pedidos através de dispositivos Pick To Light, tanto na zona de paletes como de contendores.

Uma vez finalizada a preparação de pedidos, o carro VTD fica responsável por conectar os pedidos com o ramal de expedições.

Resultado

O armazém automatizado permite hoje em dia que a BESA melhore a eficiência e produtividade do seu processo intralogístico. Além disso, devido a sua agilidade na separação de pedidos, é capaz de oferecer um serviço de entrega em 24 horas, minimizando os erros no picking.

"A combinação do sistema de paletes e do sistema de contendores nos permitiu ser mais ágeis, já que preparamos os pedidos em cada sistema conforme diferentes fatores, como são a rotação, tamanho, etc. dos produtos", Guillermo Ecenarro.