A singular intralogistics engineering

Menu

Busca

EUROPEAN ROBOTICS CHALLENGES QUALIFICA A ULMA E O IK4-TEKNIKER COMO O PRINCIPAL FINALISTA NO PROJETO DE AMBIENTE DE COLABORAÇÃO

 EUROPEAN ROBOTICS CHALLENGES QUALIFICA A ULMA E O IK4-TEKNIKER COMO O PRINCIPAL FINALISTA NO PROJETO DE AMBIENTE DE COLABORAÇÃO
EUROPEAN ROBOTICS CHALLENGES QUALIFICA A ULMA E O IK4-TEKNIKER COMO O PRINCIPAL FINALISTA NO PROJETO DE AMBIENTE DE COLABORAÇÃO
< Voltar
A ULMA Handling Systems trabalha junto com o IK4-TEKNIKER (centro tecnológico) no desenvolvimento de um ambiente de colaboração homem-máquina na nova revolução INDUSTRY 4.0, que tem como objetivo a eliminação de barreiras no ambiente de trabalho. O projeto foi eleito o melhor consórcio pelo EUROC, entre os 5 finalistas dos 15 participantes.

A ULMA Handling Systems e o IK4-TEKNIKER colaboram em um projeto homem-máquina com o selo INDUSTRY 4.0 no EUROC (European Robotics Challenges), no qual foram proclamados finalistas como o melhor consórcio (RSAII) para desenvolver o projeto “FLECOOP: sistema flexível de picking unitário em ambientes de colaboração, para a preparação de pedidos em centros de distribuição“. Empresas de prestígio como a Airbus ou a Peugeot Citroën estão entre as cinco finalistas, junto com o consórcio ULMA-IK4-TEKNIKER.

Atualmente, todas elas estão envolvidas na segunda fase do programa. Na terceira e última fase dos projetos, deverão desenvolver concretamente o protótipo proposto, e serão proclamados como os melhores projetos em dezembro de 2016.

O desafio consiste em conseguir um protótipo de picking unitário automático em ambientes de colaboração homem-máquina, para a preparação de pedidos em centros de distribuição. Hoje, 90% dos pedidos são preparados pelos trabalhadores do armazém, o que é um processo árduo e monótono, que não agregada valor ao produto.

A ideia principal é proporcionar uma solução híbrida, na qual os robôs e as pessoas compartilhem o mesmo espaço de trabalho, combinando uma alta automatização, monitorando a área de trabalho e garantindo sempre a segurança no posto de trabalho. A detecção dos objetos que o robô manipula é realizada por meio de visão 2D e 3D, que permitem a manipulação automática nas operações de pick & place.

O projeto permitirá avaliar a viabilidade, a aceitação e a eficácia deste novo conceito de trabalho em ambientes de colaboração robô-homem, sem barreiras físicas. Portanto, o número de erros, o custo do processo de picking e o espaço necessário serão reduzidos, em comparação com soluções tradicionais com robôs, e melhorarão as condições de trabalho.

Torne-se um deles!

Newsletter

Inscreva-se em nossa Newsletter de novidades

Inscreva-se