Entre em contato conosco

Casos de sucesso

Voltar aos casos de sucesso

Fudike
Fudike
Fudike Armazém de logística Fudike- Armazém
"Atualmente, fica fácil saber quais equipamentos estão na Fudike e onde estão localizados. Sua localização e colocação a disposição é muito rápida tanto para envios ao exterior como para produção."

Asier Zabarte Gerente

Soluções logísticas

FUDIKE

ULMA aporta flexibilidade e simplicidade a FUDIKE

FUDIKE, empresa dedicada à fundição de peças de aço para fabricantes de equipamentos industriais, confia em ULMA Handling Systems para proporcionar uma solução logística que combina simplicidade e flexibilidade.

Necessidade

Para sua nova fábrica de 3.400 metros quadrados, Fudike implantou os últimos avanços em equipamentos de produção e de logística interna. Em relação a este último aspecto, Fudike optou por um armazém semiautomático, fornecido e projetado em sua totalidade pela ULMA Handling Systems, onde estão armazenados os equipamentos utilizados para a fabricação de peças.

Solução

Estes equipamentos ou moldes são de madeira, de diferentes dimensões e com pesos que podem oscilar entre os 5 e os 600 kg., o que introduz um maior componente de complexidade e laboriosidade aos movimentos internos, desde a área de produção até o armazém e vice-versa.

O projeto realizado por ULMA Handling Systems para FUDIKE consistiu na instalação de um armazém de moldes de fundição com estantes móveis, com o fim de obter um melhor aproveitamento do espaço, com modelos, paletes e espaços identificados mediante código de barras. Tudo governado por um WMS.

Para Asier Zabarte, gerente da empresa, “a organização de um armazém de moldes é tradicionalmente um problema para as fundições, dado o espaço e o volume que ocupam, os movimentos que geram, tanto internos, no que se refere à fase de produção e manutenção, como externos, quando se faz necessário recorrer a modelistas ou a outras fundições”.

Zabarte esclarece que os moldes podem ir à produção; à modelistas, para efetuar reparos ou modificações; à outras fundições que também podem utilizá-los para fazer peças para o mesmo destinatário, ou se podem ser enviados ao cliente, que na maioria dos casos é o proprietário dos equipamentos.

Resultado

A partir do projeto e entrada em funcionamento do novo armazém, se conseguiu flexibilizar enormemente sua administração, como consequência de que cada molde, dentro do novo planejamento, não tem um lugar pré-determinado na instalação.

O projeto, segundo o gerente de Fudike teve um impacto direto na organização e administração da logística interna da empresa. “Atualmente, se torna fácil saber quais equipamentos estão na Fudike e onde estão localizados. Sua localização e colocação a disposição é muito rápida tanto para envios ao exterior como para produção”, declara Zabarte.