A singular intralogistics engineering

Menu

Busca

A ULMA Handling Systems procederá à adaptação de diversos aeroportos da AENA de mais de 58 milhões de euros

 A ULMA Handling Systems procederá à adaptação de diversos aeroportos da AENA de mais de 58 milhões de euros
A ULMA Handling Systems procederá à adaptação de diversos aeroportos da AENA de mais de 58 milhões de euros
< Voltar

A ULMA Handling Systems procederá a realizar as adaptações necessárias nos aeroportos da rede AENA de acordo com a nova normativa europeia de segurança padrão. As adaptações serão realizadas nos aeroportos de Gran Canaria, Málaga, Minorca, Fuerteventura, Saragoça e A Corunha e irão ultrapassar os 58 milhões de euros.

No aeroporto de Málaga, aeroporto que contou com um trânsito de mais de 19 milhões de passageiros no 2018, a ULMA renovará o sistema de bagagens de seus 3 terminais. Especificamente no Terminal 3, serão modificados os 14 circuitos de inspeção existentes com o fim de aumentar o tempo de decisão exigido na nova normativa e integrando as novas máquinas denominadas padrão 3. Além disso, serão modificados os circuitos de nível 3 para integrar novas máquinas dual view e será introduzida uma nova linha de trânsito.

No Terminal 2, por sua parte, além de atualizar os nove circuitos de inspeção para integrar as nove novas máquinas, será substituída toda a zona de check-in que contará com sessenta e cinco balcões de check-in e seis carrosséis de formação.

No Terminal 1, também será substituído todo o sistema de águas, incorporando dois novos circuitos de inspeção de N1-N2, um circuito para o Nível 3 e dos hipódromos de formação inclinados.

No aeroporto de Gran Canaria, transitado por mais de 13 milhões de passageiros ao ano, a ULMA renovará o sistema de bagagens dos três terminais, integrando 24 máquinas de inspeção padrão 3 e cinco máquinas dual view para o Nível 3.

O aeroporto de Minorca, por sua vez, contará com a ampliação de um edifício terminal de 900 m² aproximadamente que albergará um sistema completo de bagagens com capacidade de até 6.000 bagagens/hora, com seis circuitos de inspeção no N1-N2, um circuito de Nível 3 e quatro hipódromos de formação.

A realização de todas estas adaptações exigirá a fabricação de mais de 2.500 equipamentos pela ULMA, equipamentos que serão instalados por fases entre 2020 e 2022.

Newsletter

Inscreva-se em nossa Newsletter de novidades

Inscreva-se