A singular intralogistics engineering

Menu

Busca


                                 Entre em contato

Entre em contato

BELENUS

A fabricante registra crescimento nos negócios e alto desempenho em intralogística com armazenagem automática combinada de paletes e de caixas. Tecnologia e inovação determinaram a escolha do projeto.

Ganhamos em tempo para a preparação dos pedidos, agilidade na entrega aos clientes, acuracidade do estoque e redução de mão de obra manual em todo o processo, desde a separação até expedição de pedidos.

João Marcos Lucas Presidente da Belenus

Necessidade

A marca Belenus está prestes a completar 18 anos, mas o legado da família Lucas teve início na década de 1978, quando o patriarca, João Lucas, até então taxista, abriu uma pequena loja, a Sabará Ferramentas e Parafusos, com quatro funcionários, em São Paulo. A partir daí, colecionou sucesso nos negócios ao lado de seu filho, o hoje presidente da Belenus, João Marcos Lucas, que conduz uma empresa que emprega mais de 1.200 pessoas.

Com fábrica própria e centro de distribuição (CD) instalados em uma área de 80 mil m2 na cidade de Vinhedo, em São Paulo, a Belenus está posicionada entre as três maiores fabricantes de parafusos e fixadores do Brasil, com capacidade de produção mensal superior a 5 mil toneladas de produtos.

Com o crescimento dos negócios da Belenus, houve também o aumento da demanda de pedidos e a necessidade de inovar e investir em tecnologia para agilizar as operações de intralogística. A ULMA Handling Systems foi escolhida para implementar um projeto com caráter totalmente inovador neste segmento de metalurgia e que tinha como objetivo otimizar os processos, aumentar a área de estocagem sem expandir a superfície ocupada, promover a agilidade no preparo de pedidos aos clientes e apoiar a expansão dos negócios.

“Quisemos transformar o CD em uma estação de alta performance para atendimento de pedidos de clientes em todo Brasil”, conta João Marcos Lucas, presidente da Belenus.

Segundo o executivo, o crescimento da Belenus ocorreu mais rápido do que imaginava e, graças ao seu filho, Sérgio Lucas, que é diretor comercial da empresa e um entusiasta atento a tudo o que se refere a inovação, suas instalações logísticas estão na vanguarda de seu setor. “Somos a única empresa de nosso segmento a ter um armazém totalmente automatizado com apoio da ULMA Handling Systems que nos trouxe uma solução de nível global”.

Solução proposta

A solução especificada para a operação da Belenus resultou em aproximadamente 10.000 m2 de armazém verticalizado combinando sistemas de armazenagem automática: o primeiro deles é o Compact System, que está destinado à armazenagem de caixas de madeira com base de palete do tipo PBR e baixa altura, proporcionando ocupação muito maior do estoque de produtos de dimensões volumosas. O Compact System é composto por nove transelevadores em operação e capacidade de armazenagem de quase 15.000 paletes.

A segunda estrutura é um Mini Load para armazenagem de itens de menor volume e venda fracionada que são depositados em caixas plásticas movimentadas por seis transelevadores em seis corredores. O Mini Load tem capacidade para armazenar 35 mil caixas e é assistido por transportadores automáticos que movimentam as caixas com apoio de mesas elevadoras pneumáticas, elevadores de cargas e tem um sistema Pick to Light, em determinados pontos da estrutura para a separação de itens fracionados. 

“Cada subsistema foi projetado para dar resposta às características de cada perfil de produto e são integrados ao processo de preparação de pedidos, que é assistida por uma rede Picking to Light”, explica Marcelo Bueno, presidente da ULMA Handling Systems no Brasil. 

Outro destaque da solução é o sistema integrado de reabastecimento do armazém de paletes para o armazém de caixas. Os movimentos dos robôs transelevadores são otimizados quando um palete é levado até as estações de picking e o operador é orientado pelo software de gestão, através de monitores, sobre a necessidade de fazer reabastecimento daquele SKU que está sendo manipulado.

Resultado

Bueno, da ULMA, explica que o projeto desenvolvido para a Belenus foi uma instalação especial por se tratar de elementos de fixação, um produto pesado, exigindo estruturas metálicas extra resistentes para suportar essa condição. 

“Nosso time de especialistas atuou desde a concepção da estrutura até sua implantação, instalação do software de gestão de armazém e no treinamento dos colaboradores da Belenus para alcançar o objetivo de maximização do estoque e baixo custo, em uma operação que atende o Brasil e países do Mercosul, com expedição de pedidos entre 2kg a 10 toneladas diariamente”, comenta. 

Inicialmente, o armazém automático recebeu 20 mil SKUs, entretanto, atualmente e após uma atualização de projeto, esse número alcançou a 60 mil SKUs. O CD opera 24 horas por dia, divididas em três turnos para preparar e expedir os produtos.

João Marcos Lucas, presidente da Belenus, diz que sem o armazém automático seria inviável manter a operação com eficiência. Entre as dificuldades de um armazém não automatizado, estariam o grande espaço ocupado pelo estoque horizontal, manter a acuracidade de um estoque com 60 mil SKUs, além do número expressivo de pessoas envolvidas no processo de preparo de pedidos e toda a gestão do CD. 

Fale com a gente

Quer melhorar sua produtividade e ser mais eficiente na sua logística?

Solicite informação