A singular intralogistics engineering

Menu

Busca


                                 Entre em contato

Entre em contato

DELFIN

A companha espanhola, pioneira no cozimento e ultracongelamento de frutos do mar, confia à ULMA Handling Systems o projeto do sistema de preparação de pedidos e armazenamento automático a temperatura controlada (frio negativo).

A grande vantagem que o novo armazém significa para a companhia é a de poder crescer em atividade até onde a direção decida

Santiago Navarro Diretor de Logística

Necessidade

Para a Delfín Ultracongelados, a principal razão para construir o novo edifício foi unificar as três instalações que operava até o momento em um centro único, e assim recortar custos, aumentar a capacidade de armazenamento e melhorar a separação de pedidos. Na hora de planejar a construção do seu centro logístico, a Delfín optou por um sistema de armazenamento automático capaz de operar em condições de -23 ºC. Se trata de um tipo de instalação - ainda não muito comum no mercado - em que a ULMA Handling Systems é referência.

Solução proposta

A instalação realizada pela ULMA para a Delfín Ultracongelados foi disposta no interior de um silo frigorífico de 30 metros. A capacidade completa do sistema, dotado com quatro transelevadores, é de 7.640 euro paletes, com uma velocidade de operação de 100 movimentos simples e 150 compostos por hora. Estas condições são traduzidas em uma enorme capacidade de separação de pedidos que requer a participação de apenas 6 pessoas.

Antes de que a Delfín estivesse dotada de sua nova planta em Ontígola, ela contava com três instalações de armazenamento automático, localizadas em Getafe, Fuenlabrada e Pinto, além de contar com outras câmaras frigorificas alugadas em Madri e em outras regiões. As operações logísticas de interior requeriam o trabalho de 25 trabalhadores em condições extremas. Os movimentos no interior das câmaras eram realizados através de um carrinho que se deslocava em busca dos pedidos.

 

Resultado

Santiago Navarro, Diretor de Logística da DELFÍN aponta que a grande vantagem que o novo armazém trás para a companhia é a de poder crescer em atividade até onde a direção decida. "Hoje em dia, e atendendo a toda sua base de clientes, só necessitamos a mão de obra de 6 pessoas em trabalhos de logística durante apenas um turno, praticamente um terço do que representaria que a instalação funcionasse em sua capacidade máxima", explica.

Navarro destaca também, como uma das chaves do sucesso obtido com este novo armazém, o alto grau de compromisso e esforço demonstrado por toda a equipe. "Devemos principalmente a eles o fato desta meta ter sido satisfeita", garante.

 

Fale com a gente

Quer melhorar sua produtividade e ser mais eficiente na sua logística?

Solicite informação